Visibilidade para as minorias

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
(Imagem: Reprodução/Indigenous Cannabis Industry Association)

Redação Sechat

A cannabis é um segmento próspero para a parcela da população que representa a branquitude e a masculinidade. De acordo com o diagnosticado feito pelo veículo  MJBizDaily, apenas 20% dos negócios de cannabis nos EUA são de propriedade de mulheres, sendo que em três estados onde havia dados robustos disponíveis – Colorado, Michigan e Nevada – entre 63% e 84% das empresas de cannabis pertencem a pessoas brancas.

O setor no país evidencia a disputa de poder e os empreendedores indígenas estão ficando para trás com aumento da indústria – o relatório do MJBizDaily diz que eles representam apenas 0,4% e 2,5% dos empreendedores de cannabis nos estados estudados.

A empreendedora do projeto, Mary Jane Oatman, quer fortalecer o grupo do qual ela também representa. Ela veio da da tribo Nez Perce em Idaho e é a diretora executiva da recém-formada Indigenous Cannabis Industry Association, uma organização sem fins lucrativos com sede em Cambridge, Wisconsin. 

O objetivo do Indigenous Cannabis Industry Association é encorajar as tribos a adotarem as startups de cannabis como um meio de oportunidade econômica. 

Cannabis nos EUA

Em 2021, as vendas de cannabis atingiram US$ 27 bilhões. Este ano, espera-se que o número suba para US$ 33 bilhões.

Mas a Indigenous Cannabis Industry Association vem com a proposta de começar pequeno para atender às necessidades financeiras das comunidades, garantindo acesso medicinal seguro e de qualidade à cannabis, antes de pular para um modelo de empresa. 

Uma economia de cannabis indígena equitativa, justa e sustentável

A organização oferece webinars e outros eventos educacionais presenciais, desenvolve força de trabalho para os membros da comunidades indígenas, ferramentas e recursos de negócios e políticas on-line.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese