Terpenos: O que são, de onde vem e suas funções

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
(Imagem: Pexels)

Por Sofia Missiato

Os terpenos são moléculas voláteis e minúsculas que evaporam facilmente e chegam ao nosso nariz para nos ajudar a identificar o tipo de planta à nossa frente. Os terpenos não são encontrados exclusivamente na planta da maconha, mas fazem parte de muitas outras espécies do reino vegetal. Esses compostos, responsáveis ​​pelo aroma da cannabis, desempenharam um papel importante na seleção de variedades e no processo de domesticação da planta pela humanidade, pois o aroma é uma característica importante que é levada em consideração. Os terpenos de cannabis estão nos tricomas: minúsculos cristais em forma de cogumelo que cobrem as folhas e flores.

Esses compostos odoríferos (que propagam ou emanam um odor) são encontrados em maiores concentrações nas flores das plantas femininas de maconha, que não foram polinizadas e desempenham um papel muito importante na proteção da planta contra possíveis ameaças como bactérias, insetos ou qualquer outro fator ambiental externo.

A quantidade e composição de terpenos em cada planta varia dependendo de sua genética e condições de crescimento. Os componentes aromáticos servem para repelir predadores e atrair possíveis insetos polinizadores. São múltiplos os fatores que podem afetar a produção desses compostos: clima, tempo de maturação, fertilizantes, substrato e até mesmo a hora do dia em que é feita a colheita.

Como funcionam os terpenos?

Os terpenos são importantes não apenas por seu aroma e potenciais efeitos biológicos, mas também por sua sinergia com canabinóides como CBD, CBN e CBG. Há evidências de que quando canabinóides e terpenos coexistem, seus respectivos efeitos são potencializados.

Esse fenômeno, conhecido como efeito entourage, é o que torna as moléculas de cannabis únicas. Dito isso, ainda temos muito a aprender sobre como e porquê eles interagem com certos receptores e processos biológicos. Felizmente, uma questão com a qual todos os pesquisadores concordam é o papel essencial dos terpenos nos extratos de CBD de espectro completo, aumentando sua eficácia em comparação com o isolado de CBD.

O efeito entourage, introduzido pelo pai da cannabis, Raphael Mechoulam, sustenta que todos os compostos naturais da maconha, podem trabalhar juntos sinergicamente para melhorar as propriedades benéficas. Isso significa que os elementos isolados da planta precisam trabalhar em harmonia para serem mais eficazes. Acredita-se que a cannabis contenha mais de 120 terpenos  com concentrações que variam conforme a espécie. Por exemplo, as diferenças encontradas em terpenos em cepas indica e sativa.

Os benefícios para a saúde desses compostos não são totalmente compreendidos, mas podem contribuir para as diferenças nas propriedades medicinais encontradas entre os diferentes subtipos de cannabis. À medida que nossa compreensão aumenta, também saberemos como desenvolver e usar melhor novas variedades medicinais.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese