Mercado da cannabis

O grandioso mercado global do cânhamo

Por redação Sechat

Segundo relatório da renomada empresa de inteligência de dados Grand View Research, o mercado global de cânhamo industrial não para de crescer. Somente em 2022, o setor atingiu incríveis US$ 4,74 bilhões e a tendência é que, até 2030, mantenha uma taxa composta de crescimento anual (CARG) de 17,1%.

O mercado mundial vem experimentando um crescimento exponencial na demanda por cânhamo industrial devido à crescente procura por diversos setores, tais como o alimentício, cuidado com animais e cuidados pessoais. 

(Imagem: reprodução GVR)

A expectativa é que, além da produção de fibras, sementes, caules e óleos, a produção industrial de cânhamo seja responsável pelo aumento de toda uma cadeia produtiva. Além disso, a utilização da planta proporciona múltiplos benefícios agrícolas e ambientais, como o seu rápido crescimento em um período curto de 120-150 dias e a eficiente capacidade de sequestrar carbono por meio da produção de biomassa, o que o torna uma excelente alternativa na rotação de culturas.

O interesse crescente pelos benefícios dietéticos e cosméticos das sementes e óleo de cânhamo também se popularizaram no mercado. A substância  tem altos valores nutricionais e perfis benéficos de ácidos graxos e proteínas, tornando-o uma escolha ideal para produtos alimentícios e cuidados pessoais. Além disso, a fibra de cânhamo é amplamente utilizada em forragem para gado, limpeza de petróleo e gás, bem como em produtos de higiene pessoal por ser altamente absorvente. 

Já a crescente demanda por produtos nos mercados têxtil, de papel e materiais de construção é devido às propriedades acústicas e estéticas favoráveis. E o melhor de tudo, são ecologicamente corretos, renováveis e requerem menos produtos químicos para processamento em comparação com outros materiais. Com tantos benefícios, é esperado que a conscientização continue a impulsionar o crescimento do segmento.

Percepções por área 

A Ásia liderou o mercado e foi responsável por mais de 32% da receita global em 2022. Economias como China, Índia, Japão, Coréia, Austrália, Nova Zelândia e Tailândia estão ativamente envolvidas na produção e consumo de cânhamo industrial e produtos como fibras, sementes e óleo.

O aumento da demanda global, juntamente com o avanço das tecnologias e inovações, está tornando a colheita mais fácil para os cultivadores. Espera-se que o aumento do consumo de produtos alimentícios e suplementos à base de cânhamo nas economias em desenvolvimento, como o Brasil, impulsione o mercado e incentive a criação de uma regulamentação sobre seus usos industriais. 

A América do Norte é o maior consumidor de produtos de cânhamo, utilizados em diferentes indústrias de aplicação. A estimativa é de  que a alta renda disponível do consumidor, o envelhecimento da população e as crescentes preocupações relacionadas a doenças de pele e proteção UV impulsionem a demanda por óleo de cânhamo na indústria de cuidados pessoais na região.

O cânhamo industrial na Europa, por sua vez, é consumido principalmente em peças automotivas, materiais de construção e na área têxtil em e tecidos na forma de fibras. No entanto,  a crescente demanda por óleo de cânhamo nos setores alimentício, de suplementação e dermatologia deve impulsionar o mercado de sementes de cânhamo rapidamente.

Compartilhe:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

    Mais lidas