Cannabis como alimento para animais

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
(Imagem: Freepik/tawatchai07)

Por João R. Negromonte

Não é de hoje que a cannabis pode ser usada para diversas utilidades, inclusive para alimentação. Pensando nisso, uma fazenda no norte da Tailândia, que produz maconha para fins medicinais, tem alimentado suas galinhas com os subprodutos da planta o que, segundo alguns pesquisadores, vem substituindo o uso de antibióticos nos animais. 

De acordo com o Departamento de Ciências Animais e Aquáticas da Universidade de Chiang Mai, menos de 10% das cerca de 1.000 galinhas da fazenda morreram desde que o uso da cannabis foi introduzido na dieta.

Chompunut Lumsangkul, professora assistente que liderou a pesquisa, revelou ao Insider que embora as descobertas ainda estejam sob revisão, o uso da cannabis na alimentação das galinhas demonstraram resultados promissores. 

A “ração especial” das aves é produzida pela adição de cannabis triturada, água e ração comum. Desse modo, nenhum antibiótico ou medicamento é administrado ou usado nos animais desde a implementação da dieta. “Além de frangos saudáveis, o experimento também permitiu que a fazenda vendesse suas aves a preços mais altos para consumidores que buscam aves orgânicas”, destaca a pesquisadora. 

“Os compradores preferem o frango orgânico, que não recebeu antibióticos”, diz Lumsangkul ao revelar que o preço do quilo pode custar US$ 1,50, isto é, o dobro do valor comum. 

O “GanjaChicken”, como é conhecido por lá, gerou certa desconfiança no começo, pois algumas pessoas pensavam que comer a carne deste animal poderia deixá-las de certa forma “chapadas”. Contudo, Lumsangkul afirma que além dos níveis de THC presente nas galinhas ser menor que 0,4%, o composto é completamente metabolizado no corpo do frango antes do abate, então sua forma muda completamente quando chega à mesa.

O estudo foi apenas um “teste de triagem” até agora e os pesquisadores ainda precisam testar se a ração de cannabis funciona para proteger as galinhas contra a gripe aviária ou outras doenças graves, conclui a coordenadora da pesquisa.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese