Búzios será a primeira cidade do Estado a adotar uso da cannabis medicinal

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
camara-da-cidade-de-buzios
Parlamento de Búzios fazendo história na cannabis medicinal (Créditos da imagem: Secom)

Curadoria Sechat, com informações de O Dia

Búzios será a primeira cidade dos 92 municípios do Estado do Rio de Janeiro a aprovar o uso e a distribuição de cannabis medicinal. A confirmação do fato se deu após a votação histórica que aconteceu na Câmara, na manhã desta terça-feira (23). Por unanimidade, numa sessão lotada, a emenda ao Projeto de Lei de autoria do vereador Aurélio Barros (PATRI) foi aprovado em regime de urgência. Definitivamente um dos balneários mais badalados e charmosos do país, – o favorito das estrelas – se consagrou também como a cidade mais moderninha do Estado.

Prefeito de Búzios, Alexandre Martins garantiu que vai sancionar PL assim que chegar em suas mãos. (Créditos da imagem: Arquivo)

>>> Participe do grupo do Sechat no WHATSAPP e receba primeiro as notícias

PREFEITO VAI SANCIONAR

A iniciativa teve duas etapas. A primeira foi uma audiência pública que contou com militantes da causa, pais e responsáveis por pacientes que precisam fazer uso de medicamentos com canabidiol. E após o PL ser apresentado e debatido, recebeu emendas com estudos técnicos ambulatoriais do município. Agora o projeto segue para o prefeito Alexandre Martins (REP), que já antecipou que vai sancionar. Ou seja, em breve, pacientes de doenças crônicas, como epilepsia, autismo, paralisia cerebral, além do tratamento de doenças psiquiátricas ou neurodegenerativas, como esclerose múltipla, esquizofrenia, mal de Parkinson, assim como doentes oncológicos terminais, poderão pegar o medicamento gratuitamente nos postos de saúde do município. O projeto definitivo entra em pauta na próxima terça-feira (30), mas já há consenso de aprovação.

Vereador rafael Aguiar, presidente da Câmara buziana se disse honrado por estar conduzindo todo processo histórico (Créditos da imagem: Secom)

>>> Participe do grupo do Sechat no TELEGRAM e receba primeiro as notícias

CIENTE DA RESPONSABILIDADE

O presidente da Câmara de Búzios, vereador Rafael Aguiar (REP), consciente que fez História, se disse orgulhoso desse momento: “Como presidente da Casa, me sinto honrado. Respeitamos todos os posicionamentos e garantimos o amplo debate sobre a pauta”, salientou. Rafael lembrou ainda que “se todos soubessem o benefício provocado por esse medicamento, outras cidades iriam adotar o programa também”. O parlamentar destacou que de acordo com os estudos levantados, cerca de 0,2% da população necessita desse tratamento. 

Vereador Aurélio Barros, autor do projeto, com filho autista João Paulo (18) (Créditos da imagem: Arquivo pessoal)

>>> Inscreva-se em nossa NEWSLETTER e receba a informação confiável do Sechat sobre Cannabis Medicinal

FILHO É INSPIRAÇÃO

O vereador autor do projeto, Aurélio Barros (PATRI) afirmou que seu mandato é pautado pela inclusão social: “Tenho um filho autista de 18 anos e o tratamento mudou a vida dele”, destacou. Barros comentou ainda sobre uma criança buziana com microcefalia que tinha mais de 100 convulsões diariamente que cessaram depois do uso do óleo de canabis. “Esse óleo é milagroso, mas muito caro (R$ 600,00)”. O programa vai contar com amparo do SUS e da saúde do município, assegurando tratamento gratuito. Aurélio salientou ainda que o orçamento de 2022 já tem incluído recursos para o programa que deverá atender a cerca de 500 pessoas.

Prefeito de Iguaba, Vantoil Martins quer levar programa ao município também (Créditos da imagem: Rede social)

SEGUNDO NA FILA

Depois de saber da novidade de Búzios, o prefeito de Iguaba Grande, Vantoil Martins (CID), disse que também quer implementar o programa no município, o que pode colocar a “Princesinha da Região dos Lagos” (apelido carinhoso de Iguaba) como a segunda cidade do Estado a garantir o tratamento com CDB. Vantoil entrou em contato com presidente do parlamento buziano para conhecer o projeto melhor e afirmou que pretende criar um PL do Executivo e encaminhar para Câmara o mais rápido possível para garantir que cidadãos iguabenses, que sofrem de patologias que careçam de canabidiol, possam também ser assistidos e com isso garantir mais qualidade de vida aos pacientes.

DE ONDE MENOS SE ESPERA…

Curioso observar que ambas as cidades são consideradas das mais conservadoras na Costa do Sol. Búzios tem mais de 60% da população evangélica, dentre os quais, o próprio prefeito, Alexandre Martins. Já Iguaba é considerada a cidade favorita dos aposentados. Os índices de moradores idosos superam das vizinhas, mas isso não impede o prefeito de ter uma visão mais arrojada na questão, alinhando-se a Búzios. É vanguarda que fala?!

VEJA TAMBÉM:

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese