As primeiras licenças de venda de cannabis são entregues em Nova York

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
(Imagem: Pexels/Mikkel Bendix)

Redação Sechat

O Office of Cannabis Management divulgou na segunda-feira, 22 de novembro, os regulamentos esperados para o mercado canábico, anunciando que 36 companhias, incluindo oito grupos  sem fins lucrativos, estão sendo consideradas para obterem uma licença.

Alguns dos dispensários, selecionados entre mais de 900 candidatos, devem abrir até o final do ano. Nova York também planejou um fundo público-privado de US$ 200 milhões para ajudar os candidatos à “equidade social” visando  reparar os estragos da guerra às drogas, especialmente em comunidades formadas por negros.

Uma decisão judicial no início deste mês, atrasou o conselho de aprovar dispensários em algumas partes do Estado em meio a uma disputa legal sobre os critérios de licenciamento. No entanto, as autoridades disseram que emitirão as licenças restantes o mais rápido possível.

O conselho da cannabis também apresentou propostas de regulamentos para a venda de maconha, com foco na saúde pública, qualidade e segurança do produto e para evitar que  menores de 21 anos comprem a planta

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

ASSINE NOSSA NEWSLETTER PARA RECEBER AS NOVIDADES

ASSINE NOSSA NEWSLETTER
pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese